Documentos para entrar na Argentina: o que é realmente preciso?


Compartilhe este conteúdo com seus amigos

Não adianta! Quem vem de longe visitar a linda Foz do Iguaçu sempre se rende a conhecer os demais países que compõe a Tríplice Fronteira, Paraguai e Argentina. Outros até se programam com antecedência. No entanto, o que muitos turistas desconhecem é que para entrar nesses países é muito simples.

Porém, as dúvidas mais frequentes são: cota de compras no Paraguai; cota de compras na Argentina; onde comer nesses países; e principalmente, documentos para entrar no Paraguai e documentos para entrar na Argentina.

Pensando nisso, nós do Mirante Hotel elaboramos esse post contando tudo o que você precisa saber antes de visitar o Paraguai e a Argentina, e assim, evitar preocupações e poder curtir ainda mais as compras, os passeios e tudo mais. Bora descobrir?

Documentos para entrar na Argentina: o que é realmente preciso? placa de orientação

É preciso passaporte para visitar os países do Mercosul?

Não! Sabe-se que os três países pertencem ao Mercosul, devido a isso, a apresentação de passaporte para circular nas fronteiras não é necessária, a menos que seja da sua vontade, ter o carimbo do país visitado, caso contrário, não precisa.

Documentos para entrar na Argentina: o que é realmente preciso? documentos 1

Você deve estar se perguntando: “se não é necessário passaporte, qual documento é necessário então”? É simples, se você é maior de idade ou emancipado, o único documento que vai precisar é o RG, tanto para entrar no Paraguai quanto na Argentina.

Porém, sua identidade deve atender a algumas exigências como: ter sido expedida dentro de 10 anos, estar em bom estado, com a foto atualizada e legível, e os dados também devem estar legíveis. Então, fica a dica!

Portanto, antes de fazer compras no Paraguai e na Argentina, não se esqueça de ter em mãos a identidade, pois é o único documento que é aceito em ambas as aduanas.

Documentos para entrar na Argentina: o que é realmente preciso? documento de identidade

Carta Verde

Caso você viaje para um desses países de carro, esse é um documento de extrema importância que você vai precisar ter em mãos. O Seguro Carta verde é um seguro obrigatório para veículos quem vão ingressar em países do Mercosul e fazer viagens internacionais. Ele tem a função de cobrir dados causados a terceiros, ou seja, seu carro não está incluído no seguro.

A carta verde tem cobertura para danos materiais e corporais causados a terceiros além de até 50% dos honorários de advogado para o segurado e qualquer custo judicial. Mas se o motorista estiver sobre o efeito de drogas e álcool, e não estiver habilitado ou estiver participando de rachas, o seguro perde seu efeito.

Documentos para entrar na Argentina: o que é realmente preciso? carta verde

Argentina

Algumas exceções acontecem de país para país, como por exemplo, caso queira entrar na Argentina por Foz do Iguaçu e permanecer somente em Puerto Iguazú é aceita a carteira nacional de habilitação (CNH) na aduana.

Mas lembre-se, ela só é válida em um raio de 50 km e por um período de 72 horas, passando disso e obrigatório estar portando a identidade ou o passaporte além da carta verde, caso esteja dirigindo.

Paraguai

Em Ciudad del Este no Paraguai as coisas são ainda mais fáceis, pois graças ao grande fluxo de pessoas que essa fronteira possui normalmente as pessoas nem mesmo são paradas para a conferencia dos documentos.

Então se sua ideia for somente aproveitar para fazer suas compras no Paraguai ou conhecer o que Ciudad del Este tem a oferecer não se preocupe em parar na aduana, no entanto esteja portando seus documentos de qualquer maneira, pois imprevistos acontecem e eles ainda podem ser necessários.

Se for ficar mais que 24 horas em Ciudad del Este ou ir para outras cidades esteja com seu passaporte ou sua identidade além da carteira verde caso vá dirigir em território Paraguaio.

Com crianças

A entrada em outro país com menores de idade, com exceção de maiores de 16 anos emancipados, é um pouco mais complicada, pois para que a passagem deles seja liberada é necessária autorização de ambos os pais.

Assim como os adultos, o documento básico para passagem é o RG, mas fique atento a foto, que deve estar atualizada e ser possível reconhecer a criança.

E se por acaso, somente um dos pais esteja acompanhando a criança é necessário a apresentação de uma autorização original assinada por ambos os pais e autenticada em cartório, nessa autorização é necessário a data de validade e destino da viagem.

Se você gostou desse post sobre documentos para entrar na Argentina e no Paraguai, continue nos acompanhando diariamente para ficar sempre por dentro das novidades, dicas e passeios de Foz do Iguaçu e região!

Abraços e até o próximo post!